quarta-feira, 23 de maio de 2012

Imagine Belieber "Gotta be you" - Cap. 40


Três anos se passaram...

Justin POV

Foram três anos de adaptação da minha vida sem ela. Algo que eu nunca pensei que aconteceria. Mas aconteceu. E por incrível que pareça, estou melhor do que deveria. Finalmente consegui um empresário com interesse além do dinheiro, mas não abandonei meu emprego de garçom. Ao menos trabalho em um lugar divertido, uma lanchonete para crianças. Às vezes me sinto como pai delas e algumas memórias me vêm à mente, mas nada que me faça entrar em depressão ou querer voltar a viver o passado. Bom, estou ficando velho, mas as oportunidades estão aparecendo mais que antes e sinto que agora minha vida irá se endireitar.
- Olá Senhor Bieber! – Julieta sorriu e me entregou Alice.
- Eu não posso ficar com ela, tenho que resolver a papelada da minha casa. – Disse colocando Alice no chão. Não contei isso. Pois é, consegui juntar dinheiro para comprar uma casa e um carro. Humildes, mas são meus. Finalmente.
- Por favor! – Julieta me implorou.
- Tudo bem. – Suspirei e peguei a bolsa da Alice.
- Volto antes de anoitecer. – Julieta saiu do meu apartamento.
- Como está a minha princesa? – Perguntei apertando suas bochechas rosadas.
- Tio Justin, porque sua namorada está aqui? – Alice perguntou olhando algo atrás de mim. Lauren sorriu. Ela vestia uma camisa minha. Foi então que percebi que eu estava sem camisa, apenas com um short.
- Espere só um segundo princesa. – Coloquei Alice sentada no sofá e mudei a TV para a Discovery kids. Corri até Lauren e a empurrei até o quarto.
- Bom dia para você também. – Lauren me beijou. Afastei-a, separando nossos lábios. – O que foi?
- Você não devia estar aqui. – Fechei a porta do quarto.
- A garota... É a sua afilhada? – Ela perguntou rindo. Assenti. – Ela disse que sou sua namorada.
- Ela sabe que não é, nós sabemos que não é. – Peguei as roupas de Lauren e a entreguei.
- Justin, nós estamos saindo há três meses. – Lauren me empurrou contra o armário e se aproximou. – Eu realmente gosto de você.
- Eu também gosto de você, mas eu avisei que não iria passar de encontros. – Olhei em seus olhos. – Você é linda Lauren. Pode encontrar alguém que a faça feliz.
- Você me faz feliz. – Ela me beijou novamente. Eu correspondi ao beijo, mas foi um beijo curto. Afastei nossos lábios rapidamente.
- Sabe que não. – Esquivei-me e dei alguns passos para trás.
- Tem medo de mim? – Ela fitou o chão, cabisbaixa.
- Não! Garota você tem uma vida inteira pela frente. Vá se divertir, quando for o momento certo irá encontrar o cara que te fará especial. – Segurei seus ombros. – Desculpe por não ser esse cara.
- Pode sair? Vou me trocar. – Ela tirou minha camisa e colocou a dela. Sai do quarto e coloquei a camisa. Entrei na sala e Alice não estava ali. Procurei na cozinha e a encontrei mexendo nos armários.
- O que está fazendo? – Perguntei da porta.
- Por que tem fotos aqui? – Ela me mostrou. – Mamãe tem uma foto com essa menina. – Alice entregou a foto a mim. – Você estava beijando a moça nessa. – Ela entregou outra. Eu não sabia que ainda guardava isso. Não uso essa cozinha, na verdade. – Quem é titio? – Pensei que estava curado daquele amor, só pensei.
- É Alice? – Ouvi a voz da Lauren e me virei. Seu rosto estava molhado por lágrimas. – Ela é a garota que te fez nunca mais querer se apaixonar?
- É Alice! – Respondi. Lauren enxugou o rosto.
- Ficam lindos juntos. É uma pena não dar certo. – Lauren virou-se. Acompanhei-a até a porta. – Adeus Justin.
- Se cuida. – Sussurrei e ela saiu do apartamento. Fechei a porta e quando me virei Alice me olhava.
- Vamos ao parque? – Ela pediu pegando a boneca que estava deitada no sofá.
- Deixa eu tomar um banho e nós já vamos. – Pisquei para ela e tranquei a porta do apartamento. – Fique aqui. – Coloquei-a no sofá. – Se não sair eu compro um balão para você.
- Ok. – Alice beijou minha bochecha e se afastou rindo.

Alice POV
 
 É meu último ano na faculdade, eu estou recuperada da depressão. Estou trabalhando em um escritório de arquitetura há um ano. É um ótimo lugar para trabalhar. O meu chefe é gentil e reconhece um bom funcionário. Meu salário é ótimo, juntei o suficiente para comprar um carro. Ryan e Melissa estão noivos e pretendem se casar no fim do ano. Realmente tudo se ajeitou.
- Bom dia Alice! – Andrew sorriu ao entrar na minha sala.
- Bom dia chefe. – Sorri. Ele caminhou até mim e me deu um selinho.
- Vim te ajudar a desempacotar as caixas. – Ele mordeu o lábio e piscou. Agora tenho minha própria sala no escritório. E estou saindo com meu chefe. Eu nunca pensei que ele poderia gostar de mim. Andrew é um homem muito lindo e muitas mulheres caiem em seus pés. Não sei o que ele viu em mim.
- Obrigada. – Desliguei o notebook e o ajudei. Nós passamos a tarde toda arrumando minha sala. Andrew ficava me roubando selinhos e às vezes me fazia cócegas. Foi divertido.
- Essa é a ultima. – Ele pegou uma caixa pequena e abriu. Andrew desfez o sorriso e ficou olhando para dentro da caixa.
- O que? – Peguei a caixa e vi várias fotos, principalmente do Justin. Fiquei em silêncio, apenas observando as fotos. Justin. Ah, quanto tempo não falo com ele ou o vejo. Peguei uma foto nossa e senti um meu coração acelerar.
- Quem é? – Andrew tirou a foto da minha mão e deixou a caixa na mesa. Olhei-o confusa – O cara! – Andrew abraçou minha cintura e acariciou meu rosto.
- É um amigo. – Dei de ombros e me soltei. Justin, esse nome sempre me fez ficar arrepiada. Ver seu rosto sempre faz meu coração acelerar.
- Você beija seus amigos? – Ele olhou uma das fotos.
- Faz tempo que isso aconteceu. – Peguei a foto e guardei na caixa. – Bom, já terminamos. Vamos almoçar? – Segurei sua mão e o puxei. Andrew me levou a um restaurante. Nós almoçamos e depois fomos a um parque.
- Amor. – Ele me deu um longo selinho. – Eu percebi que aquelas fotos... – Andrew se afastou. – Elas mexeram com você.
- Está enganado, eu só não as via há tempos, mas é passado. Não sinto mais nada por ele. – Falei rapidamente. Andrew olhou em meus olhos e riu.
- Ficou nervosa. – Ele segurou minha mão.
- Não fiquei. – Desviei o olhar.
- Se nós tivéssemos algo mais sério, você jogaria aquelas fotos fora?
- Nós não temos algo mais sério. – Dei de ombros.
- É o Justin, não? O cara que te deixou em depressão, foi por causa dele que ficou no hospital não?
- Como sabe disso? – O olhei.
- Nós avaliamos nossos funcionários antes de emprega-los. – Andrew estava sério. – Esquece esse cara!
- Eu já esqueci. – Fitei o chão. Andrew me observava atento.
- Então podemos juntos jogar aquela caixa fora? – Ele perguntou se aproximando. O olhei e Andrew me beijou.
- Não vou jogar fora. – Afastei-o. Andrew me olhou confuso. – Eu não posso jogar.
- Ainda tem esperança de voltar com ele? Alice não quero me apaixonar e depois quebrar a cara.
- Eu não queria dizer isso, mas... – Olhei em seus olhos. – Não se apaixone. – Virei-me.
- É tarde demais. – Ele segurou meu braço.
- Eu sinto muito. – Soltei-me e corri dali. Eu deveria ir para o escritório, mas corri para casa. Ed estava jogando videogame na sala e me olhou preocupado.
- Não devia estar...
- Ed, você tem contato com o Justin? – Perguntei e ele assentiu. – Pode ligar para ele?

Justin POV

Voltei para casa, Alice havia dormido, carreguei-a até o apartamento. Lauren estava sentada em frente a minha porta.
- Eu esqueci meu celular. – Ela levantou e pegou as chaves da minha mão. Levei Alice até meu quarto e a coloquei na minha cama. Ouvi o telefone tocar na sala.
- ATENDE PARA MIM LAUREN? – Gritei, por um momento me esquecendo de que Alice dormia. Voltei à sala e Lauren colocava o telefone no gancho. – Quem era?
- Não sei, não falou nada e desligou. – Lauren deu de ombros. Fiquei pensando em quem seria. – Eu pensei no que disse e esta certo.
- Sobre o que?
- Sobre encontrar a pessoa certa. Eu sei que vou encontrar e eu não devia ser tão dura contigo. – Ela sorriu fraco. – Me desculpe Justin.
- Tudo bem. – Abracei-a.
CONTINUA...

Brazilian Belieber Eu me lembro :) certo, você disse! obrigada por ler s2

Comentem beliebers!!!

6 comentários:

  1. ta lindo nossa sempre que ela liga uma menina atende kkkkk continua amore

    ResponderExcluir
  2. Ah que triste! Ela pensou que era a namorada dele né?! MALDADE! Quase chorei lendo esse cap! kkkkkk Amando a IB! Continua logo!! Bjokas @JerryMyDream (antiga @JBieberMinhaVid)

    ResponderExcluir